You are currently viewing Mitos da FIV

Mitos da FIV

Cada vez mais, a reprodução assistida tem se tornado o meio principal de realizar o sonho de diversas famílias que desejam planejar uma gravidez. Uma de suas técnicas mais populares é a Fertilização in Vitro – FIV.

Pensando nisso, gostaríamos de compartilhar com vocês alguns mitos que vez ou outra chegam pra gente nas consultas aqui na clínica:

❌ É possível escolher o sexo do bebê: Embora existam técnicas de biópsia embrionária que permitam a análise dos cromossomos do bebê e saber se ele será um menino ou uma menina, o Conselho Federal de Medicina proíbe esse procedimento no tratamento.

❌ Só nascem gêmeos: Com a FIV podemos transferir um único embrião e com isso diminuir o risco de gestação múltipla. A chance desse embrião se dividir é muito baixa – 0,4%.

❌ A gravidez é 100% garantida: A técnica alcança boas taxas de sucesso, mas não há 100% de garantias.

❌ O bebê nasce com saúde frágil: A partir do momento da fecundação e implantação, o restante da gestação ocorre normalmente, como uma gestação comum.

❌ Doenças hereditárias não podem ser prevenidas: Com o avanço da medicina reprodutiva, é possível que os pais recorram à seleção de embriões, utilizando aqueles que não possuem os genes da doença e evitando por exemplo que o bebê seja futuro portador de algum mal congênito que já atinja a família.

Se você tem dúvidas e deseja saber se a FIV ou as outras técnicas de reprodução assistida são ideais para sua família, agende sua consulta!

Referências bibliográficas:

Best practices of ASRM and ESHRE: a journey through reproductive medicine Fertil Steril_ 2012;98:1380–94. _2012 by American Society for Reproductive Medicine.)

https://www.fertstert.org/article/S0015-0282(12)02298-4/fulltext